Grupo de Orações online

Há um Deus que vê e sabe (Devocional Diária – 03-Set)

devocional04

 

“Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente.” (Salmos 37.6)“

Num mundo que tanto valoriza aparências, podemos desenvolver o vício da fantasia, deixando de nos ocupar do interior e nos esforçar ao máximo para salvar a fachada. Dessa forma, o estilo de vida que se estabelece é dominado pela preocupação com o que os outros irão pensar. Vamos tentar garantir que eles pensem o melhor. E, diante da dúvida do que pensam sobre nós, sofreremos. Como atores, faremos da vida uma performance. Perderemos a coragem de falar a verdade e falaremos o que for conveniente. Perderemos a coragem de ficar calados, precisaremos falar, para impressionar. Paulatinamente perderemos o contato conosco mesmos. E até mesmo nossa oração poderá será comprometida: falaremos o que acharmos que Deus deseja ouvir!

Que Deus nos ajude a nos libertar da tirania das aparências. Que sejamos verdadeiros e nos conheçamos de verdade. Que o relacionamento com o Deus que tudo vê nos faça verdadeiros, ainda que diante de quem pouco pode ver. Que estejamos em paz por saber que Deus nos conhece. Se há culpa em nós, não adianta tentar convencer os outros de que somos inocentes. E se somos inocentes, por mais que circunstâncias ou pessoas nos façam parecer culpados, a verdade virá à luz. A verdade sempre sobrevive às mentiras e falsidades. A realidade vive muito mais que as aparências! Esse mundo pode estar sob a influência do Maligno, mas ele ainda é de Deus.

Olhe para o nosso país! Denúncias, investigações, escândalos. O Ministério Público denuncia fatos e indica responsáveis. Em princípio todos negam qualquer envolvimento. O culpado não admite; nega enquanto puder!. Mas chega a hora em que não dá para negar. E até na hora de confessar, que haja algum prêmio. Quem nesse país não conhece a expressão “delação premiada”? Coisa que até bem pouco tempo não se ouvia falar! Toda verdade aparecerá? Todos os culpados serão responsabilizados? Tudo que foi roubado será devolvido? Difícil acreditar que sim. Mas podemos estar certos de que o Juiz de toda terra não se engana. Toda fome e sede de justiça será saciada. Sabendo disso, não nos desesperemos diante da injustiça e muito menos nos acomodemos às aparências. Como cristãos, tenhamos temor.